Datamace

Queremos ouvir você

Você está insatisfeito com algum serviço da Datamace? Ou tem alguma sugestão que vai melhorar nossos produtos ou atendimento a os usuários?


Preencha o formulários abaixo, ligue ou envie uma carta para o nosso Ombudsman, e conte tudo. Estamos sempre prontos para defender seus interesses e fazer a Datamace trabalhar melhor.

  • Facebook Share Button

Declaração do Benefício Emergencial (BEm) no Imposto de Renda Pessoa Física

São Paulo - 09/03/2021

Receita Federal esclarece como declarar o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2021.

Os valores recebidos a título de Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) são considerados rendimentos tributáveis e devem ser declarados como tal na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica, informando como fonte pagadora o CNPJ nº 00.394.460/0572-59.

Já a Ajuda Compensatória mensal paga pelo empregador é isenta e deve ser informada na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis, no item 26 - Outros com o CNPJ da fonte pagadora (empregadora). Recomenda-se que seja informado na descrição o texto "Ajuda Compensatória" para identificar a natureza dos valores.

Para saber quais valores foram pagos como benefício emergencial, o contribuinte deve acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas principais lojas virtuais para celulares e tablets e para os valores da ajuda compensatória, consultar a sua fonte pagadora (empregador).

Fonte: https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/noticias/20